Voo de Parasail em Natal: Como funciona?

voo de parasail em natal

Sumário

Já pensou em ter uma experiência diferente pelo Nordeste brasileiro? Se sim, o voo de parasail em Natal pode ser a sua experiência inesquecível.

Então, se você deseja realizar esse sonho, vem com a gente saber de todos os detalhes dessa aventura!

 

Como funciona o voo de parasail em Natal?

Para quem não sabe, o parasail é uma nova atividade radical que vem ganhando força no Brasil nos últimos anos e você não pode deixar de conhecer!

O voo de parasail funciona a partir de um paraquedas que é amarrado a uma lancha por uma corda de 50 metros.

O voo inicia e termina na própria lancha, onde a corda é esticada aos poucos por uma catraca, onde a lancha ganha velocidade e a corda é esticada, neste momento, o paraquedas é aberto e o praticante – em uma cadeirinha – começa a ganhar altitude.

Essa experiência dura cerca de 15 minutos (variando para mais ou menos, dependendo da companhia que a oferece).

Além disso, caso os turistas venham a passar mal durante o passeio, basta sinalizar com as pernas para descer (mesmo antes do prazo de finalização).

No início do passeio, o praticante do parasail nem chega a ter contato direto com a água, mas o visual de lá de cima é tão lindo que vale a pena participar.

Porém, em momentos de baixa velocidade da lancha, o paraquedas se aproxima da água, o praticante do parasail tem a possibilidade de encostar rapidamente na água.

Confira também: O que fazer em Natal em 1, 3, 5 ou 7 dias?

 

Quem pode voar de parasail?

Como vimos, o parasail faz parte do grupo de esportes radicais e, apesar disso, a atração é livre para todas as idades não sendo necessário saber nadar ou ter qualquer conhecimento técnico.

Afinal de contas, os turistas utilizam colete salva-vidas e algumas companhias, podem não permitir que crianças pequenas participem.

Mas, diferente de outros esportes radicais como o paraquedismo, que possui restrições mais severas, o parasail é uma atividade tranquila. Por isso, saiba que vale super a pena participar!

Confira também: Onde se hospedar em Natal?

 

Como foi a minha experiência voando de parasail em Natal?

Quem me conhece, sabe que eu gosto de fazer atividades incomuns enquanto estou viajando e claro, que não poderia perder a oportunidade de realizar esse passeio.

Eu conheci o voo de parasail em Natal enquanto estava andando tranquilamente na orla da Praia Ponta Negra, a partir de um banner próximo ao Morro do Careca que tinha uma foto lindíssima.

No dia e horário marcado fomo até a base deles, onde deixei os meus pertences no armário que me disponibilizaram e logo, seguimos rumo ao mar.

Inicialmente, passamos de uma embarcação menor (costeira) para a lancha (maior) onde ocorre os voos.

Chegando na lancha, os instrutores foram montando o equipamento e pouco tempo depois já era a hora de iniciar o voo.

Já com a cadeirinha – e o paraquedas aberto com a corda esticada – meus pés saíram do chão e a experiência foi super mágica.

Sinceramente, não senti medo nenhum e até gostei da sensação de subida! Mas, talvez isso seja porque eu já havia saltado de paraquedas em Boituva.

Já a vista do Morro do Careca e da Praia da Ponta Negra são incrivelmente lindas, por isso vale super a pena ter essa experiência em Natal.

Confira também: Passeio no litoral sul de Natal

 

Outros esportes radicais no Brasil?

Claro que além do parasail, existem inúmeros outros esportes radicais no Brasil que você não pode deixar de conhecer.

E, como ótimas opções para você pensar em incluir em seu roteiro, recomendamos as seguintes:

 

1. Voo Livre (de parapente ou asa-delta)

O voo livre é um esporte radical bastante realizado no Brasil, que pode ser feito a partir de parapente ou asa-delta.

Com relação ao tour feito de asa-delta a adrenalina é causada pela combinação entre a velocidade e técnica de planar.

Por isso, possui recomendação específica, já que exige bastante técnica para tornar-se uma prática segura.

Já o voo livre de parapente, é bastante semelhante ao paraquedismo e utiliza uma estrutura flexível para se manter suspenso no ar.

Esse esporte também é muito famoso e você pode encontrá-lo em diversos lugares do Brasil.

 

2. Passeio de balão ou balonismo

O balonismo é um passeio radical um tanto quanto romântico que consiste em subir num balão de ar quente e admirar a vista lá do alto.

Além disso, esse esporte radical tem adeptos em todo mundo, mas a prática tem algumas implicações.

1°: o balão também é uma aeronave, assim como aviões, helicópteros e outros. Por isso, ele deve ter uma matrícula registrada junto à ANAC e o piloto deve ter uma licença para a prática de balonismo.

2°: o balão deve obrigatoriamente possuir um certificado de autorização de voo e uma apólice de seguro aeronáutico.

Apesar disso, o passeio é destinado a todos os públicos, incluindo crianças, desde que acompanhadas com seus responsáveis.

Por fim, indicamos o nosso post exclusivo sobre o passeio de balão em Boituva!

 

3. Rafting

Se você gosta de esportes radicais aquáticos, saiba que o rafting é uma excelente opção!

Praticado individualmente ou em grupo (incluindo famílias), com diferentes níveis de dificuldade, onde o bote navega por corredeiras, com o objetivo de desviar dos obstáculos naturais que aparecem ao longo do percurso e remar até o destino final.

 

4. Trekking

Por fim, mas não menos importante, que tal aproveitar destinos incríveis para fazer trekking, um estilo de caminhada mais radical?

Esse tour é ideal para quem gosta de trilhas e travessias de longa distância e é possível variar na duração e intensidade do trekking.

Sendo assim, arrisque-se apenas se você está preparado com caminhadas, ok?

Confira também: Parrachos de Maracajaú no Rio Grande do Norte

 

Dicas para o voo de parasail

  • Se alimente bem no dia do voo de parasail.
  • Chegue pelo menos 30 minutos antes para escutar as orientações com calma.
  • Cuidado para não cair da cadeirinha do parasail, pois isso pode acabar te machucando.
  • Se você tem uma GoPro ou similar, não esqueça de levá-la.
  • Lembre-se de tomar um Dramin 40 minutos antes do voo.
  • Atividade proibida para gestantes, portadores de doenças cardíacas e pessoas recém-operadas.
  • As condições climáticas devem estar adequadas, por isso, fique de olho nos ventos.
  • Indica-se usar roupas leves e/ou biquíni para a prática desse esporte.

 

Outras dicas sobre Natal e região

 

Vale a pena fazer voo de parasail em Natal?

Se você gosta de aventuras, com certeza! Afinal de contas, o voo de parasail em Natal é uma excelente opção para família que deseja fazer diferente no Nordeste.

Além disso, saiba que você estaria cometendo um erro se não se permitisse passar por essa experiência. Aproveite para seguir o @blogmundoviajante no Instagram! Beijos da Iza e até a próxima!

10 respostas

  1. Adorei conhecer sobre a prática de Parasail e saber também que pode-se fazer em Natal alugando todos os equipamentos. Achei o máximo que eles alugam até a GoPro pra você registrar o momento. Obrigado por compartilhar

  2. Olha eu gosto de conhecer um pouco sobre tudo e não tinha muitas informações sobre essa atividade, mas confesso, coragem? Tenho não, tenho verdadeiro pavor de altura e de mar kkk Mas para os corajosos, é um passeio e tanto.bjus.

  3. Olá!Parabéns pela coragem,com certeza foi uma experiência fenomenal este voo de parasail.
    Grata por compartilhar este momento,adorei conhecer esta prática,não teria coragem rsrsrs,mas é muito sedutor,aguardo novas experiências,fiquei encantada.Bjs

  4. Que showw! Deve ser adrenalina pura. De uns anos pra cá eu estou me arriscando mais, ou posso dizer que vivendo mais, e teu post me despertou muito interesse. Obrigada por compartilhar ❤

  5. Olá,

    Parece ser um daqueles passeios únicos, que vão nos marcar de diferentes formas. Não conhecia, mas já quero fazer demais quando eu for para Natal, o que vai acontecer em breve, assim espero. Achei o valor do passeio bem em conta e o aluguel com a Go Pro parece ser o que mais vale a pena. Amei!

    Beijos!

  6. Oie minha linda! Amei a dica adorei as fotos. Parece ser uma atividade inesquecível. Gostei de saber que é indicada para qualquer pessoa. Quero fazer…

    Beijos,
    Paloma Viricio💫💙

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre mim
o que fazer em holambra - conhecer os campos de girassóis

Izabela

Sou apaixonada por musica, hambúrgueres artesanais e principalmente viagens. Estou sempre tentando aprender com os lugares e pessoas que conheço na estrada da vida.

- Publicidade -

Junte-se à nossa comunidade de viajantes e receba dicas exclusivas, descontos e novidades!

- Publicidade -
Este site utiliza cookies para garantir uma melhor experiência ao usuário. Consulte a nossa Política de Privacidade.