PortugueseEnglishSpanishFrench
PortugueseEnglishSpanishFrench

Comidas típicas da Argentina: Viagem pelos sabores

comidas típicas da argentina

Conhecido por suas riquezas gastronômicas e culturais, a América Latina encanta quando o assunto é culinária. E na terra das empanadas isso não poderia ser diferente, onde as comidas típicas da Argentina são cheias de tradição e sabor.

 

5 Razões para provar as comidas típicas da Argentina

  1. Conhecer a cultura local por meio da culinária;
  2. Perceber as semelhanças gastronômicas entre Brasil e Argentina;
  3. Experimentar diferentes preparos de carne;
  4. Aprender mais sobre a influencia da culinária espanhola e italiana;
  5. Ter uma experiência de viagem completa.

 

Melhores comidas típicas da Argentina: Pratos principais

Asado

É o nome que os nossos hermanos dão ao churrasco. O prato preferido do famoso jogador Lionel Messi surgiu em um frigorífico em Campana (atual Buenos Aires) durante o século XIX. O primeiro da América Latina a comprar uma serra para cortar costelas em tiras.

comida típica da argentina assado
Fonte: Pixabay

Desde então, a Argentina já é considerada uma grande exportadora de carne para a Europa, e no caso dos ingleses, que eram os principais compradores, a preferência era por cortes com menos ossos. Portanto, o que sobrava, ficava no país.

Um mestre assador pegou estes cortes e os assou. Então, descobriu um prato de sabor marcante da carne próxima aos ossos. Esta é a origem do prato hoje, que além de muito popular, é motivo para reunir familiares e amigos na Argentina.

Empanadas

A primeira menção da empanada remete a Idade Média, em um livro de receitas publicado em 1520 por um homem chamado Ruperto de Nola.

Onde provável a migração espanhola leva a receita para o país no século XVI, tornando-a uma das comidas típicas mais famosas da Argentina.

comida típica da argentina empanadas
Fonte: Pixabay

A iguaria se tornou sinônimo de comida do trabalhador, afinal é fácil de transportar. Do mesmo modo, hoje vende-se muito as empanadas em muitos eventos e nas ruas.

O recheio mais famoso é o de carne. No entanto, hoje são muitas as opções, que costumam variar de acordo com a província do país.

Por exemplo, em Córdoba existem as deliciosas empanadas doces, enquanto no norte as empanadas criollas tem um tempero especial.

Milanesa com papas

É um dos pratos mais típicos, bem como um dos mais consumidos do país, uma vez que ele faz parte do cardápio diário dos argentinos.

Primeiro por ser barato e de fácil preparo. Consiste em um bife, que pode ser de frango ou boi, empanado em ovos e farinha de rosca frita.

comida típica da argentina milanesas
Fonte: Pixabay

Há certas versões diferentes. As mais simples, que vêm com um ovo frito em cima, e outras mais elaboradas como as milanesas napolitanas  – que no Brasil conhecemos como bife a parmegiana.

Além das batatas fritas, há outras opções de acompanhamentos. Como queijo, presunto e tomates. É uma excelente opção da culinária argentina, para quem não gosta de se arriscar muito experimentando pratos desconhecidos.

Choripan

Esta é a união das palavras chorizo (linguiça) e pan (pão), em espanhol. Portanto, nada mais é do que um pão com lingüiça. A diferença está que ele é feito com uma linguiça fresca assada na churrasqueira.

comida típica da argentina choripan
Fonte: Pixabay

Após partir a linguiça ao meio e colocar no pão, o toque final fica por conta do famoso molho argentino chimichurri. Este também é um acampamento para outros pratos com carne, principalmente nos assados.

Lomo

O lomo é um corte de carne macio, com um preparo que varia de acordo com cada província do país. No entanto, muitas vezes é servido em forma de filé com batatas fritas, molho à base de ervilhas, pimentão e ovos fritos.

lomito argentino
Fonte: Pixabay

Além disso, outra opção deliciosa é o sanduíche de lomo, conhecido também como lomito, que é acompanhado por queijo, presunto, ovos fritos, tomate e alface. Por fim, maionese e mostarda são molhos típicos para dar o toque final.

Humita

É a versão argentina da nossa pamonha salgada. Feita com milho ralado ou triturado, ela é temperada com cebola e manjericão. E da mesma forma que a nossa, a humita é embalada na palha de milho.

humita argentina
Fonte: Pixabay

Locro

Um ensopado típico do norte do país, muito popular para aquecer o corpo nos dias mais frios. Sendo assim, é uma das comidas típicas Argentinas mais consumidas no inverno.

locro comida típica argentina
Fonte: Pixabay

A base do prato é carne, bacon, linguiça, abóbora, milho e cereais. Os ingredientes frescos são todos colocados em uma mesma panela, onde é cozido.

Medialunas

É à base do café da manhã argentino. Ao contrário do brasileiro, que tem o hábito de consumir o pão de sal na primeira refeição do dia, os hermanos não dispensam essa espécie de croissant.

comidas típicas da argentina
Fonte: Pixabay

A diferença para a iguaria francesa está na forma como a massa é feita. Afinal, as medialunas são mais macias e menos folheadas que a versão europeia.

 

Melhores doces típicos da Argentina

Alfajor

Um dos doces mais tradicionais e populares do país. Apesar de ser bem parecido com o nosso pão-de-mel, ele tem características distintas.

O grande protagonista é o doce de leite que serve de recheio para a sobremesa, que além disso é coberta com chocolate. No entanto, nas receitas caseiras mais antigas, a cobertura é de coco ralado.

Dulce de la Leche

Na lista de comidas típicas argentinas não poderia faltar o famoso doce de leite. Lembrando que os argentinos consomem não apenas puro, como também para acompanhar diversas outras sobremesas.

A mistura de leite integral com gordura e açúcar cristal deixa o doce de leite argentino mais espesso do que o brasileiro. Além disso, ele é mais escuro e cremoso, porém menos doce do que a nossa versão.

Medialunas dulces

Ao contrário das medialunas feitas com gordura, essas são feitas com manteiga. Portanto mais doces. Algumas delas ainda recebem um banho de água com açúcar.

Além disso, tanto no café da manhã, quanto em lanches existe a opção de recheios doces, como por exemplo, chocolate, ou ainda o próprio doce de leite.

Facturas

São muitas as opções de doces. Não apenas para o café da manhã, mas também para os lanches da tarde. É uma especialidade das culinárias italiana, alemã e francesa, trazida para a Argentina pelos imigrantes.

As facturas são feitas de uma massa amanteigada com diferentes tipos de recheios, que são encontradas em confeitarias. Além dos recheios de doce de leite e creme, elas também são polvilhadas com açúcar.

Todos os doces feitos com essas massas amanteigadas recebiam este nome, até que em 1888, graças a um movimento anarquista se espalhou entre os sindicatos dos padeiros do país.

Com o objetivo de chamar a atenção para a causa, eles criaram novos nomes para as facturas. A origem dos nomes medialunas e libritos (doce que tem uma massa folheada que lembra as páginas de um livro) vem desta época.

 

Melhores bebidas típicas da Argentina

Fernet

Talvez seja um pouco amarga para o paladar de alguns, no entanto, vale a pena experimentar uma das bebidas mais consumidas da Argentina.

O modo mais popular de servir é um drink em que se mistura a bebida, feita de diversas ervas e raízes medicinais maceradas, com coca-cola.

Na verdade, a bebida foi criada em 1845 em Milão, na Itália. A princípio era usada como digestivo e tônico. Além disso, era considerada um ótimo remédio não apenas para curar a ressaca, como também combater vermes e aliviar cólicas menstruais.

São pelo menos quarenta ervas trituradas, junto com especiarias em barris de carvalho. A versão mais consumida é a Fernet branca, e o país consome em média 13 milhões de litros da bebida por ano, assim sendo, é o maior consumidor do mundo.

Mate

É parecido com o chimarrão consumido pela população do sul do Brasil. Por ser tão popular, entra na lista das comidas típicas argentinas. Afinal quase 100% da população consome a bebida.

Por onde você anda pelo país, verá argentinos com suas cuias e garrafas térmicas para sempre terem o seu mate quente ao alcance das mãos.

O chá teve origem no norte da Argentina, com índios guaranis que foram os primeiros a consumir a erva. Então, no século XVI, eles passaram a tradição para os imigrantes europeus que chegaram no país.

Clericó

A versão clássica da bebida foi criada na França, no século XIX. No entanto, se tornou uma das bebidas típicas da Argentina, principalmente durante o verão.

Podem ocorrer algumas leves variações na receita, entretanto a base é sempre o vinho branco seco. Também se acrescenta suco de limão, frutas tropicais, brandy e soda. A receita original leva licor de laranja.

É uma bebida além de bonita, refrescante. Assim sendo, ideal para aqueles dias de temperaturas mais altas.

 

Vale a pena provar as comidas típicas da Argentina?

Com toda certeza experimentar as comidas típicas argentinas é um programa obrigatório para quem está visitando o país. Como foi possível ver, a culinária do país é muito rica, e vai além dos cortes de carne.

Claro que para os fãs de um bom churrasco, a experiência será ainda mais interessante. Além disso, uma mergulha nas origens espanholas e italianas do país. Vale lembrar que a influência italiana é forte, portanto pizzas e massas também são ótimas opções.

Além de uma experiência saborosa, conhecer a culinária do país é um meio fantástico de conhecer sua cultura e história, de uma maneira diferente.

Aliás, se você está programando conhecer a capital argentina, confira também as dicas incríveis para não cair em furadas em Buenos Aires do Blog De Lugar Nenhum.

Por fim, assim como a Argentina, o Brasil possui comidas típicas deliciosas, como por exemplo, os pratos da culinária baiana e paraibana.

Esperamos que você tenha gostado das nossas seleção de comidas típicas da Argentina. Porém, no caso de duvidas ou sugestões, deixe o seu comentário, pois ficaremos felizes em responder.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sobre mim

Izabela

Sou apaixonada por musica, hambúrgueres artesanais e principalmente viagens. Estou sempre tentando aprender com os lugares e pessoas que conheço na estrada da vida.

- Publicidade -

Junte-se à nossa comunidade de viajantes e receba dicas exclusivas, descontos e novidades!

- Publicidade -