PortugueseEnglishSpanishFrench
PortugueseEnglishSpanishFrench

Zoo Bosque de Pedreira: Passeio familiar no interior de São Paulo

zoo boque de pedreira

Localizado a 130 km de São Paulo e a 30 km de Campinas o Circuito das Águas Paulista é composto por 9 cidades do interior paulista, dentre elas Pedreira, onde fica localizado o Zoo Bosque.

 

Como funciona o Zoo Bosque Pedreira

Localizado no Circuito de Águas Paulistas, o Zoo Boque fica localizado na cidade de Pedreira, especificamente no bairro do Morumbi. O local funciona com entrada franca de quarta a domingo das 9h às 16h.

O que fazer no Zoo Bosque Pedreira

O Zoo Bosque é um dos programas mais legais para quem visita a cidade de Pedreira com a família.

O local conta com vegetação nativa da Mata Atlântica e abriga diversas espécies de animais, dentre eles, macacos, onças, jaguatiricas, araras, maritacas, quatis, siriemas, gaviões, jabutis e jacarés.

Somado a isso, logo na entrada do parque existe uma área de piquenique, mas lembre-se de levar os seus próprios comes e bebes.

Por último, o Zoo Bosque também promove projetos de educação ambiental com a participação de alunos da rede municipal de ensino de Pedreira e região.

 

O que é PROIBIDO no Zoo Bosque

  1. Entrar com animais domésticos;
  2. Entrar com alimentos e bebidas alcoólicas na área de visitação dos animais;
  3. Fumar na área de visitação dos animais;
  4. Atirar objetos nos animais;
  5. Alimentar os animais;

 

Principais espécies do Zoo Boque Pedreira

1. Jabuti

Chamados cientificamente de Chelonoidis carbonária, os jabutis são comuns na America Latina, principalmente no Brasil, Colômbia, Bolívia, Paraguai e Argentina.

Já em relação à dieta, os jabutis se alimentam de uma grande variedade de plantas, frutas e animais invertebrados.

Por fim, a espécie é conhecida por sua expectativa de vida que gira em torno de 80 anos.

2. Carcará

Habitantes do centro sul de toda a America Latina, os carcarás são animais solitários que se alimentam de diversos animais vivos e mortos.

3. Jaguatirica

Conhecido cientificamente pelo nome de Leopardus pardalis, a jaguatirica habita desde o sul dos Estados Unidos até o norte da Argentina.

E o mais curioso sobre essa espécie é a sua disposição, já que as jaguatiricas são ativas por aproximadamente 14 horas do dia.

4. Onça-parda

Famoso por ser o mamífero terrestre com maior distribuição no ocidente, o Puma concolor, também chamado de onça-parda, habita desde o Canadá até a America Latina.

Já em relação à alimentação, a espécie é considerada uma predadora, que vive principalmente da caça de cervos.

5. Arara-hibrida

A pouco conhecida arara-hibrida é resultado da reprodução entre a arara-canindé com a arara-vermelha, e, portanto, apesar de ser possível a reprodução entre araras-hibridas os seus descendentes podem ser inférteis.

Além disso, a distribuição geográfica da arara-hibrida é bastante ampla, sendo encontrada desde o Panamá até o sudeste do Brasil.

6. Siriema

Chamados cientificamente de cariama cristata, os seriema são aves comuns nas regiões do cerrado brasileiro.

Além disso, uma curiosidade sobre a espécie é a forma de captura de suas presas, que quando apanhadas são jogadas em uma superfície dura diversas vezes, com a intenção de que os seus ossos sejam quebrados.

7. Onça-pintada

Habitante tanto de florestas tropicais na America do Sul quanto áreas de inundação como o Pantanal, as onças-pintadas são felinos carnívoros e solitários.

8. Quatis

Encontrado na América Latina e Central os quatis são parentes dos famosos tamanduás, que se alimentam principalmente de minhocas, insetos e frutas.

9. Tucano-de-bico-verde

Encontrados em toda a região Sul e Sudeste do Brasil os tucanos se alimentam de frutas, insetos e pequenos invertebrados.

Além disso, a espécie costuma andar em pares e bandos, medindo em torno de 48 cm.

Por fim, os tucanos-de-bico-verde possuem o bico leve, que representa apenas 5% do seu peso corporal.

10. Tucano-toco

Considerado o maior tucano de todas as espécies, o tucano-toco é o camaleão das aves, já que o seu tamanho e coloração são usados como camuflagem.

Famoso nas regiões campestres do Brasil, Bolívia, Paraguai e Argentina, a espécie se alimenta de insetos, frutas, ovos, e artrópodes.

11. Macaco-prego

Famosos em diversas regiões da America Latina, os macacos pregos são considerados animais principalmente oniveros.

Porém, o que mais chama a atenção é a reprodução dos machos, que apenas se reproduzem quando asseguram posições elevadas na hierarquia do seu grupo.

12. Periquitão-maracanã

Encontrado em quase todo o Brasil, desde florestas até cidades, o periquito é conhecido nacionalmente por serem falantes e inteligentes.

Porém, o trafico desses bichinhos costuma ser comum, ou seja, esse passarinho merece atenção especial quando o assunto é a extinção.

 

Registros do Blog Mundo Viajante

zoo boque de pedreira zoo boque de pedreira zoo boque de pedreira zoo boque de pedreira zoo boque de pedreira zoo boque de pedreira

 

Dicas de viagem adicionais

  • Existem outros pontos turísticos interessantes na cidade de Pedreira, como por exemplo, a Estação Ferroviária, o Morro do Cristo, o Teleférico etc.
  • Aproveite as condições especiais de hospedagem do Booking.com, já que varias opções de estadia podem ser reservadas sem cartão de crédito e com cancelamento gratuito.
  • Cuidado com quem vende passeios e simplesmente desaparece. Então, se for comprar presencialmente, confirme se o agente de turismo é credenciado. Porém, caso queira reservar os seus passeios com agilidade e cancelamento grátis, indicamos a Civitatis.
  • Se a sua ideia é fazer um tour por conta própria, o ideal é alugar um carro, então indicamos que compare os preços de todas as locadoras disponíveis pela RentCars.
  • Lembre-se de fazer o seu seguro de viagem para imprevistos com o Seguros Promo.
  • Por fim, jogue o seu lixo no lixo e não polua o meio ambiente.

 

Conclusão: Vale a pena conhecer o Zoo Boque?

Chegamos à conclusão que vale a pena sim conhecer o Zoo Boque, não apenas pela vegetação nativa da Mata Atlântica, como também pela preservação de diversas espécies.

Além disso, é importante incentivar o turismo nas cidades que fazem parte do Circuito das Águas Paulistas.

Portanto, o Zoo Bosque é indicado para quem busca um local ao ar livre no interior de São Paulo.

Por fim, esperamos que tenham gostado das nossas dicas sobre o Zoo Bosque de Pedreira. E no caso de duvidas ou sugestões, deixe o seu comentário, pois ficaremos felizes em responder.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sobre mim

Izabela

Sou apaixonada por musica, hambúrgueres artesanais e principalmente viagens. Estou sempre tentando aprender com os lugares e pessoas que conheço na estrada da vida.

- Publicidade -

Junte-se à nossa comunidade de viajantes e receba dicas exclusivas, descontos e novidades!

- Publicidade -