Pontos Turísticos de Natal (RN): Roteiro de 7 dias, Hospedagem e Dicas - Mundo Viajante

Pontos Turísticos de Natal (RN): Roteiro de 7 dias, Hospedagem e Dicas

Publicado em 15/05/2021

Os vários pontos turísticos de Natal no Rio Grande do Norte atraem todos os tipos de visitantes, desde os que gostam mais dos passeios de buggy pelas dunas de Genipabu até aqueles que preferem as tranquilas lagoas da capital potiguar. Nesse post preparamos dicas de como chegar, onde se hospedar, quanto gastar e qual roteiro fazer, para aproveitar ao máximo uma viagem de 7 dias em Natal.


mulher jovem mergulhando em aguas do mar esverdeadas
Parrachos de Maracajaú

Estive por 5 dias em Natal no Rio Grande do Norte e me apaixonei pela capital potiguar, inclusive indico a viagem para qualquer leitor do Blog Mundo Viajante.

Lembre-se que você pode conferir os principais detalhes dos  passeios que fiz em Natal, através dos nossos posts completos:


Esse post tem como objetivo ser um guia final sobre Natal, em que você irá encontrar dicas de onde se hospedar, quanto gastar e quais pontos turísticos conhecer.

Como chegar em Natal (RN)


A forma mais comum para chegar em Natal é através do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante, localizado a 11km do centro e 45km da região de Ponta Negra.

Chegando lá vários taxis e vans irão te oferecer transporte coletivo até Ponta Negra e arredores.

Apesar de parecer barato – R$40 por pessoa – se você estiver em família vale mais a pena chamar um uber.

Além disso, para os turistas que pretendem alugar um carro, aproveite as condições especiais com os nossos parceiros da Rent Cars.

Por último, é importante lembrar que a rodoviária de Natal fica localizada a 12km da região de Ponta Negra.


Onde se hospedar em Natal (RN)


A região mais popular de hospedagem em Natal com certeza é Ponta Negra, em seguida os hotéis das praias do Norte também são bastante procurados.

Me hospedei no Terrazzo Praia Flat, com diárias em torno de R$100, incluso café da manhã e acesso a piscina.

Por ser um local de flats, os proprietários se dividem entre os moradores e administração central, e, portanto, é importante se informar sobre quem é o responsável por cuidar da sua reserva.

Lembrando que a localização é ótima, uma quadra da Praia de Ponta Negra e próximo a restaurantes, bares e caixas eletrônicos.


Pontos Turísticos de Natal (RN)


Praia de Ponta Negra e Morro do Careca


A praia de Ponta Negra fica localizada na zona sul de Natal, repleta de restaurantes, agências de turismo e surfistas, é o local mais conhecido dos visitantes.

letreiro colorido de amo natal
Letreiro de Ponta Negra

Seguindo pelo calçadão os turistas encontram o famoso letreiro de Natal e indo em direção ao final da orla temos o famoso Morro do Careca.

mar e dunas de areia com vegetação nativa
Morro do Careca

O Morro do Careca é uma duna alta com queda direta no mar, mas lembre-se que o acesso à duna foi fechado anos atrás para tentar conter a erosão e ao dano da Mata Atlântica primaria que a cobre.


Litoral Sul de Natal: Do Cajueiro de Pirangi até a Lagoa de Arituba


No Litoral Sul de Natal encontram-se alguns dos pontos turísticos mais queridos da capital potiguar, como o Cajueiro de Pirangi, Praia de Camurutaba, Mirante dos Golfinhos, Pedra Oca, Praia Barreta e a Lagoa de Arituba.

No geral as agencias turísticas vendem o tour no litoral Sul de Natal por R$40, mas resolvi fazer meu próprio tour sozinha, se você quer saber mais sobre essa aventura confira: Litoral Sul de Natal por Conta Própria

Meu tour começou na chamada Barreira do Inferno, uma antiga base militar para decolagem de foguetes.

foguete desativado em um museu ao ar livre
Barreira do Inferno

Em seguida, fui conhecer o Cajueiro de Pirangi, considerado o maior cajueiro do Brasil, devido seu crescimento anormal.

cajueiro de 5 metros de altura no verão
Cajueiro de Pirangi

As belezas do litoral sul de Natal não param por aí, já que os mirantes dos golfinhos e das tartarugas são espetaculares.

mulher jovem de oculos escuros, blusa de alça branca, short jeans em um mirante de praia
Mirante dos Golfinhos

mirante de praia com aguas do mar azuladas
Mirante dos Golfinhos

E depois de apreciar toda essa beleza, mergulhar nas piscinas naturais de Camurutaba é como lavar a alma.

piscinas naturais de aguas cristalinas
Praia de Camurutaba

Lembrando que para os casais apaixonados a Pedra Oca é uma parada obrigatória, já que segundo a fabula local os casais que atravessam a entrada e saída – juntos e nessa ordem – terminam casados.

mulher de blusa branca e short jeans em cima de rochas de praia
Pedra Oca

mulher embaixo de uma pedra oca
Pedra Oca

Por último, segui até a Lagoa de Arituba, que conta com um ambiente familiar de águas calmas.


Dunas de Genipabu e Passeio de Buggy


O passeio de buggy em Natal – no litoral norte – é uma das atividades imperdíveis para quem visita a capital potiguar.

mulher jovem de oculos escuros e roupa de praia sentada em cima de um buggy azul estacionado em dunas de areia dourada
Dunas de Genipabu

O passeio tem como roteiro: 9 praias (Genipabu, Santa Rita, Redinha Velha, Redinha Nova, Barra do Rio, Graçandu, Pitangui, Jacumã e Múriu), 4 lagoas de água doce (Jenipabu, Pitangui, Pratagy e Jacumã) 5 parques de dunas fixas e moveis (Genipabu, Graçandu, Pitangui, Dunas Douradas e Jacumã).

mulher jovem em um mirante
Genipabu

mulher tirando fotos com um pau de selfie e colete universitario
Dunas Douradas

3 buggys estacionados nas dunas de areia
Genipabu

praia com aguas calmas e rochas nas orla
Praia de Santa Rita

mulher jovem de cabelo preto e oculos escuros mergulhando em uma lagoa
Lagoa Pratagy

Quer saber como funciona o passeio de buggy em Natal? Quanto custa? Onde contratar? Qual o roteiro do passeio? E como fugir das ciladas? Então confira o nosso post completo: Passeio de Buggy em Natal: Guia Completo para Fugir das Ciladas


Parrachos de Maracajaú


Localizada no município de Maxaranguape no Rio Grande do Norte, Maracajaú conta com uma população de aproximadamente 2000 habitantes que vive principalmente da pesca e do turismo local.

aguas do mar esverdeadas
Parrachos de Maracajaú

Atualmente se transformou em um dos destinos mais procurados pelos turistas que visitam a capital potiguar.

mulher jovem de perfil em aguas do mar esverdeadas
Parrachos de Maracajaú

Os Parrachos de Maracajaú são barreiras de corais localizadas a 7km da Praia de principal de Maracajaú.

Essas barreiras de corais possibilitam a formação de piscinas naturais, onde o mar é o mais cristalino e propicio ao mergulho.

mulher jovem mergulhando com os peixes em aguas do mar esverdeadas
Parrachos de Maracajaú

Se você quer saber o que são os Parrachos de Maracajaú? Como funciona o passeio? Onde contratar? Quanto custa? E principalmente, como foi a minha experiência por lá? Então, confira o nosso post completo: Parrachos de Maracajaú (RN): Conhecendo o Caribe Brasileiro.


Roteiro 7 dias em Natal (RN): Conhecendo os Principais Pontos Turísticos


Se você está planejando uma viagem para Natal saiba que nunca a quantidade de dias será suficiente para conhecer tudo que a região tem a oferecer.

Para quem tem mais de tempo o ideal é passar no mínimo uma semana em Natal e assim conhecer os principais pontos turísticos da região.

1º Dia: Praia de Ponta Negra e Morro do Careca (Manhã) + Litoral Sul de Natal (Tarde)

2º Dia: Passeio de Buggy no Litoral Norte

3º Dia: Parrachos de Maracajaú

4º e 5º Dia: Praias e região de Pipa

6º Dia: São Miguel do Gostoso

7º Dia: Passar o dia em alguma lagoa em Natal

Em minha visita na capital potiguar não tive a oportunidade de conhecer a região de Pipa e São Miguel do Gostoso. (Já tenho uma ótima desculpa para voltar haha)

Mas indico o post do Viajando com Norma: "Pipa no RN - Destino dos Sonhos"

E para quem quer saber mais sobre as Lagoas em Natal pode ler nosso post: “5 Lagoas em Natal (RN): Desbravando a Capital Potiguar.


Pontos Turísticos Extras em Natal e Região


• Aquário de Natal

• Região de Pipa

• São Miguel do Gostoso

• Galinhos

• Cabo de São Roque

• Papary

• Barra de Cunhau


Gastos de 7 dias em Natal (RN)


Apesar dos gastos de uma viagem serem muito relativos de pessoa para pessoa, alguns gostam de ter uma ideia dos valores médios.

Para fazer mais sentido, é importante dizer que atualmente sou o tipo de pessoa que não gasta horrores quando viaja, mas que também não está mais a nível de mochileira raiz.

Meus gastos com hospedagem em um flat individual com café da manhã foram de R$ 400, na região de Ponta Negra.

E como moro atualmente em Campinas, acabei conseguindo as passagens em período promocional por R$780 – ida e volta – saindo de Viracopos.

Em relação aos passeios, os gastos foram os seguintes: Passeio de Buggy (R$100), Passeio no Litoral Sul (R$125), Parrachos de Maracajaú (R$160) e Voo de Parasail (R$250)

Como já comentei não conheci Pipa e São Miguel do Gostoso, então inclua um valor aproximado para esses destinos.

Por último, gastei por volta de R$500 com Uber e comidas, mas admito que comi o que senti vontade. Portanto, no geral a média dos meus gastos de 5 dias em Natal foram de R$ 2.315, sendo equivalente a R$463 por dia.


Dicas sobre os Pontos Turísticos de Natal


- Um dos pontos altos em Natal é a comida saborosa e barata, então fuja de lugares indicados pelos buggueiros e caminhe um pouco nas proximidades para encontrar melhores opções. E se possível, não deixe de provar o famoso espetinho de lagosta da capital potiguar.

- Não existe tempo mínimo de estadia em Natal, mas existe o mínimo ideal que é 7 dias para conhecer os principais pontos turísticos.

- Uma das experiências mais legais que tive a oportunidade de vivenciar em Natal foi voar de Parasail em Ponta Negra, se você quer saber mais sobre essa minha aventura, confira o post completo: “Voo de Parasail em Natal no Rio Grande do Norte

- Achei super bacana a vibe jovem da capital potiguar ao mesmo tempo onde encontramos um familiar super familiar, então cheguei à conclusão que é um destino ideal para todo tipo de viajante.

- Fui viajar sozinha e achei a capital muito segura, mas apesar disso sempre tome os devidos cuidados de sempre.

mulher jovem mergulhando em aguas do mar esverdeadas


Se gostou desse post segue o Mundo Viajante no Facebook

Conheça também nosso perfil no Instagram e Pinterest

Se tem dúvidas ou sugestões deixe seu comentário

10 comentários:

  1. Belíssimo o site, parabéns, só faltou acrescentar o profissional Guia de Turismo que vai ti levar para conhecer a história, as riquezas culturais e naturais desta maravilhosa cidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, tudo bem? 🙂

      Tanto nos posts do passeio de buggy quanto do litoral sul indico os rapazes que me auxiliaram.

      Já no restante deles como fiz por conta própria, não teria quem indicar.

      Agradeço muito pelo comentário e forte abraço 🤗

      Excluir
  2. Muitos erros! Isso é o que dá não contratar um Guia de Turismo credenciado. Seja em qual cidade for...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderia compartilhar quais foram os erros minha querida?

      Seu comentário seria muito mais válido se vc não fosse da área do turismo né, querendo sempre ganhar mais a custo dos turistas.

      De qualquer forma agradeço o comentário, abraços

      Excluir
  3. Como Natalense fico feliz que você tenha tenha curtido a capital do RN. Seja sempre muito bem vinda... E o maior cajueiro do mundo está localizado em Pirangi. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Jessica, agradeço imensamente pelo seu comentário e carinho.

      Pode ter certeza que pretendo voltar, pois me apaixonei por Natal 😊

      Forte abraço

      Excluir
  4. Adorei o post e a riqueza de detalhes. Contribuiu muito para eu montar meu roteiro. Natal é linda e tem passeios incríveis mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo comentário Jô, fico feliz que gostou.

      Forte abraço :D

      Excluir
  5. Ótimo post, cheio de dicas valiosas para o viajante! Já anotei tudo e em breve vou colocar em prática! Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Guto, tudo bem?

      Fico muito feliz que tenha gostado, forte abraço.

      Excluir



@INSTAGRAM