PortugueseEnglishSpanishFrench
PortugueseEnglishSpanishFrench

Parrachos de Maracajaú (RN): Conhecendo o Caribe Brasileiro

O passeio aos Parrachos de Maracajaú é um dos mais queridos entre os turistas que visitam a capital do Rio Grande do Norte. As águas cristalinas e tranquilas de Maracajaú fizeram com que a região ficasse conhecida como o caribe brasileiro. Se você quer saber o que são os Parrachos de Maracajaú? Como funciona o passeio? Onde contratar? Quanto custa? E principalmente, como foi a minha experiência por lá? Então, confira o nosso post completo:

 
mulher jovem de snorkel mergulhando em um recife de corais

 

 
Localizada no município de Maxaranguape no Rio Grande do Norte, Maracajaú conta com uma população de aproximadamente 2000 habitantes que vive principalmente da pesca e do turismo local.

 

 

Atualmente se transformou em um dos destinos mais procurados pelos turistas que visitam a capital potiguar.

 

Passeio Parrachos de Maracajaú: 5 estrelas

 

O que são os Parrachos de Maracajaú

 

 

Os Parrachos de Maracajaú são barreiras de corais localizadas a 7km da Praia de principal de Maracajaú.

 

 

 

praia com vegetação campestre
Praia de Maracajaú

Essas barreiras de corais possibilitam a formação de piscinas naturais, onde o mar é o mais cristalino e propicio ao mergulho.

 

 

Lembrando que em Natal também existe o Parracho de Perobas, considerados como arrecifes de formação rochosa mais rasa.

 

 

Adorei conhecer os Parrachos de Maracajaú e acredito que vale a pena incluir no roteiro obrigatório de Natal.

 

mulher jovem de oculos escuro e colete salva vidas azul mergulhando em mar aberto

 

Já em uma próxima viagem pretendo conhecer o arrecife de Perobas e assim completar o circuito dessa parte do caribe brasileiro.

 

 

Como chegar até o Parrachos Praia Clube

 

 

O Parrachos Praia Clube fica a 60 km de distância da região de Ponta Negra. E para quem está de carro é muito fácil chegar até o município de Maxaranguape.

 

 

É só seguir em direção a BR-101 por 43km e chegando na RN-263 o Parrachos Praia Clube estará à esquerda na Avenida Beira Mar de Maxaranguape.

 

 

Como funciona o passeio Parrachos de Maracajaú

 

 

Para os turistas que optam pela contratação de transfer a saída do hotel ocorre por volta das 8h da manhã com retorno previsto às 16h.

 

 

O passeio dos Parrachos de Maracajaú tem duração total de 2:30h, sendo 1:30h destinado ao mergulho livre e 1 hora no deslocamento via catamarã.

 

mar aberto esverdeado com ceu aberto com algumas nuvens ao fundo

 

 

Já está incluso no passeio a máscara de mergulho, snorkel, colete flutuador, taxas ambientais e o uso completo da estrutura de piscina, banheiros e vestiários.

 

 

No geral, os turistas chegam por volta das 9h no Parrachos Praia Clube, onde recebem as primeiras orientações sobre as medidas de segurança e itens opcionais.

 

quiosques em frente a praia
Parrachos Praia Clube

 

Logo em seguida recebem suas pulseiras de embarque e aguardam a saída do catamarã.

 

 

E depois de retornar do passeio, os turistas podem almoçar e disfrutar do ambiente.

 

 

Quanto custa e como contratar: Passeio Parrachos de Maracajaú

 

 

Fiz a contratação do passeio diretamente pelo site oficial do Parrachos Praia Clube e por isso ganhei 10% de desconto.

 

 

Comprei o passeio “Catamarã + Mergulho Livre + Transfer” por R$ 160, já incluso:
 
– Transporte de Natal para Maracajaú.
 
– Ida e volta de catamarã até os Parrachos de Maracajaú.
 
– Empréstimo de “Máscara + Snorkel + Colete Flutuador”.
 
– Guia turístico, seguro contra acidentes e uso da estrutura do Parrachos Praia Clube.
 
Caso você opte pelo mesmo passeio sem transfer o custo do passeio é de R$ 110 por pessoa.

 

mulher jovem de oculos escuro e colete salva vidas azul mergulhando em mar aberto

 

Já em relação aos opcionais, os turistas podem alugar:

 

 

– Camisa longa de lycra com proteção solar por R$ 10.
– Máscaras de mergulho que possuem um campo de visão em 180 graus em comparação as máscaras tradicionais por R$ 30 cada.
– E a contratação do passeio de quadriciclo com duração de 50 minutos por R$ 120. Mas, lembre-se que as fotos do passeio custam R$ 40 e são opcionais.

 

2 quadriciclos de praia vermelhos
Quadriciclos

 

– Além disso, é possível alugar por 25 minutos os chamados Seabob, equipamentos que possibilitam deslisar por cima da água como um jet ao mesmo tempo em que o praticante mergulha parte do corpo. Apesar do Seabob ser bem legal é relativamente caro, já que custa R$ 140 por pessoa.
– Por último, os turistas podem contratar fotos subaquáticas por R$ 70 para duas pessoas. O pacote de fotos vem em formato digital de alta resolução e são ótimos registros do passeio nos Parrachos de Maracajaú.

 

Parrachos de Maracajaú: Experiência Mundo Viajante

Quando comecei a programar meu roteiro de Natal inclui os Parrachos de Maracajaú e foi uma experiência de viagem incrível.
mulher jovem de oculos escuro e colete salva vidas azul mergulhando em mar aberto

 

Contratei o meu passeio – incluso transfer e mergulho nos Parrachos de Maracajaú – no site oficial.

 

 

E no dia combinado me buscaram, por volta das 8h, no hotel onde eu estava hospedada e logo em seguida estávamos rumo a Maxaranguape.

 

 

Chegamos no Parrachos Praia Clube por volta das 9h e logo em seguida os funcionários começaram a dar as primeiras orientações.

 

 

Em relação as orientações, eles explicam como funcionam os itens opcionais: Mergulho com cilindro, seabob, máscaras de mergulho especificas, passeio de quadriciclo, aluguel de camisa UV e fotografias.

 

lancha pequena ancorada em uma praia tranquila
Praia de Maracajaú

 

Além disso, os visitantes têm a opção de alugar armários por R$ 20 e fazer a pré-reserva do almoço.

 

 

A pré-reserva do almoço tem como objetivo reduzir o tempo de espera da chegada dos pratos quando os turistas retornam do passeio nos parrachos de Maracajaú.

 

 

Depois disso, os funcionários entregam pulseirinhas de cores para os turistas, essas pulseiras indicam qual será o horário do embarque nos catamarãs.

 


Fui viajar para Natal sozinha, mas foi uma grata surpresa quando conheci uma moça muito alegre chamada Sulamita.

 

2 mulheres jovens de óculos escuro e colete salva vidas azul mergulhando em mar aberto

 

Essa carioca foi a minha parceirinha no meu passeio e acabamos nos transformando em amigas.

 

 

Como fomos o primeiro grupo a chegar no Parrachos Praia Clube, embarcamos na primeira leva do passeio.

 

mulher jovem de perfil de óculos escuro, cabelo preto, biquíni verde de flores

 

A vista do catamarã é realmente linda e vale a pena aproveitar o trajeto de 30 minutos até o local de mergulho.

 

 

Chegando na base flutuante, colocamos nossos pertences nas prateleiras e fomos vestir os coletes.

 

mulher jovem de oculos escuro e colete salva vidas azul mergulhando em mar aberto

 

Como não sei nadar foi importante ter essa opção hahahahaha

 

 

Em seguida, mergulhamos nas lindas águas dos parrachos de Maracajaú e conseguimos nadar – no meu caso boiar – lado a lado com os lindos peixinhos das piscinas naturais.

 

mulher jovem de snorkel mergulhando em um recife de corais

 

Como contratei a opção de mergulho com fotos aproveitei para ter meus 5 minutos de fama nas águas cristalinas do caribe brasileiro.

 

mulher jovem de snorkel mergulhando em um recife de corais

 

Não foi uma tarefa fácil tirar fotos em baixo d’agua

 

 

E como não sei nadar tive dificuldades na hora de ficar paradinha boiando para as fotos, mas no fim deu tudo certo.

 

mulher jovem de oculos escuro e colete salva vidas azul mergulhando em mar aberto

 

Após as sessões de fotos fomos aproveitar o mergulho nas piscinas naturais e posso garantir que é incrível ficar observando a natureza subaquática.

 

mulher jovem de snorkel mergulhando em um recife de corais

 

E quando fomos dar uma pausa para ver a paisagem no segundo andar do posto flutuante, conhecemos a Sara Correia, uma repórter do Programa KM 30 da Band: Confira a Reportagem completa AQUI.

 

mulher de tanga marrom claro em uma plataforma flutuante no mar
Apesar da entrevista ter sido uma experiência bem legal, a parte mais bacana foi o que veio depois.

 

A amizade entre das viajantes, Su do Rio de Janeiro e Sara de Natal foi o ponto alto do dia e por isso indico a todo mundo que pelo menos uma vez na vida viaje sozinho(a).

 

 

Viajar sozinha me traz lindas recordações e vários bons amigos, fazendo com que eu evolua cada vez mais.

 

mulher de tanga marrom claro em uma plataforma flutuante no mar

 

Após curtir o tempo de mergulho, embarcamos novamente no catamarã rumo ao Parrachos Praia Clube.

 

mulher jovem de snorkel mergulhando em um recife de corais

 

Chegando lá tomamos uma ducha para tirar o sal do corpo e logo estávamos almoçando.

 

 

Pedi um prato chamado Peixe à paradizo que incluía file de peixe grelhado, acompanhado de batata recheada, arroz branco e molho tártaro. 
 
file de peixe grelhado, acompanhado de batata recheada, arroz branco e molho tártaro.
 
Paguei R$ 49,45 pelo prato individual e posso dizer que valeu cada centavo.

 

 

Depois do almoço fiquei tomando um sol na grama e logo em seguida fomos na cabine de fotos para concluir o envio via whatsap.

 

mulher jovem de snorkel mergulhando em um recife de corais

 

Apesar da piscina do local ter estado à disposição, acabei não tendo tempo e energias para mergulhar.

 

A minha experiência nos Parrachos Praia Clube foi maravilhosa e o mergulho incrível, e, portanto, indico o passeio para os leitores do blog Mundo Viajante.

 

Dicas para o passeio no Parrachos de Maracajaú

 

 

– Se possível ir de transporte próprio, já que dependendo de onde você estiver hospedado pode ser um dos últimos a serem deixados no hotel.

 

 

– Lembre-se que para agilizar o seu almoço é necessário reservar antes do passeio.

 

 

– O desconto de 10% pode ser aplicado na compra pelo site oficial, apenas incluindo no fim da compra o código “PARRACHOS”.

 

 

– As fotos são opcionais, mas é possível comprar o pacote de fotografia profissional para duas pessoas por R$ 70.

 

 

– Para quem tem uma máquina GOPRO não será necessário a compra das fotos pelo Parrachos Praia Clube.

 

 

– Acredito que é melhor contratar os itens opcionais diretamente no dia do seu passeio ao invés da compra antecipada pelo site.

 

 

– Não fiz o passeio de quadriciclo quando visitei Maracajaú, mas acredito que é uma opção interessante.

 

 

– O local conta com uma ótima infraestrutura: chuveiros frios, banheiros, mesas, refeições, fotógrafos e equipamentos.
 
mulher jovem de oculos escuro e colete salva vidas azul mergulhando em mar aberto

 

 

 

Se gostou desse post segue o Mundo Viajante no Facebook
 
Conheça também nosso perfil no Instagram e Pinterest
 
Se tem dúvidas ou sugestões deixa seu comentário

 

 

13 respostas

  1. Nossa, que paraíso é esse? Nunca tinha ouvido falar em PARRACHOS DE MARACAJAÚ (RN). Suas fotos estão lindas mesmo, e realmente é o CARIBE BRASILEIRO. Já olhei aqui no mapa, e vou me organizar pra ir. Parabéns pelo post, obrigada por compartilhar. Beijinhos

  2. Visitei Maracajau em 2020 e fiquei extremamente decepcionado com o passeio.Um lugar lindo mas mal explorado por pessoas que nao tem capacidade nem competencia para lidar com turistas. Uma pena viu um lugar maravilhoso e encantador. Uma beleza do nordeste sem dúvidas.

  3. Minha experiência foi muito boa, mas sempre vão existir opiniões contrárias sobre todos os lugares do mundo.

    Espero que em uma próxima consiga aproveitar mais o passeio, abraços 😊

  4. Eu adorei conhecer através do seu texto Parrachos de Maracajau! Eu adoraria nadar em um lugar cheio de peixinhos assim! Que lindo demais! Suas fotos ficaram ótimas, obrigado por compartilhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sobre mim

Izabela

Sou apaixonada por musica, hambúrgueres artesanais e principalmente viagens. Estou sempre tentando aprender com os lugares e pessoas que conheço na estrada da vida.

- Publicidade -

Junte-se à nossa comunidade de viajantes e receba dicas exclusivas, descontos e novidades!

- Publicidade -